Esculturas

A escultura em madeira ocupa um lugar de destaque na arte africana e reflete total integração com os aspectos da vida política, social, econômica, educativa e religiosa da sociedade que a produziu. É reconhecida pelo seu valor estético e marcante volumetria, sendo considerada como fonte transmissora do pensamento filosófico e da concepção de vida dos diversos grupos étnicos. Nesse sentido, possui caráter funcional e comunitário, pois além de satisfazer às necessidades da própria comunidade, reforça os traços de identidade através de uma linguagem específica.
 
Escultura em metal - A metalurgia foi exercida em todo o continente africano, tendo florescido em Ifé e Benin, na Nigéria, em oficinas incentivadas por chefes políticos, destacando-se a escultura em bronze como produção dos grandes reinos da África Ocidental. Arte que tem por finalidade legitimar o poder do obá (rei divino) e glorificar seus ancestrais paternos, a metalurgia distingue-se pelo processo utilizado para sua fundição e pela qualidade excepcional de sua execução.